Quais são os principais riscos ergonômicos encontrados em escritórios e o que fazer para minimizá-los

móveis para escritório

Os riscos ergonômicos são todas as situações que impactam o bem-estar dos colaboradores, sejam elas físicas, mentais ou, até mesmo, organizacionais. Ou seja, são condições que provocam desconforto e problemas de saúde.

Como resultado, as chances de queda de produtividade e desempenho, de afastamentos e acidentes aumentam, gerando prejuízo para a empresa. Por isso, é essencial conhecer esses riscos e saber como evitá-los. E é justamente disso que vamos tratar neste post. Acompanhe para esclarecer todas as suas dúvidas.

Quais são os principais riscos ergonômicos nos escritórios?

Infelizmente, os riscos ergonômicos estão muito presentes nos escritórios e a melhor maneira de eliminá-los é identificá-los. Os principais são:

  • repetitividade — os movimentos repetitivos feitos durante toda a jornada de trabalho, ao longo do tempo, podem gerar lesões e inflamações nos membros, como tendinite, lombalgias, bursites e dores crônicas na coluna. A maioria delas está enquadrada como DORT (Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho) e LER (Lesões por Esforço Repetitivo) e trazem grande prejuízo à qualidade de vida dos funcionários;
  • postura inadequada — permanecer por muito tempo com uma postura incorreta também pode desencadear o surgimento de LER/DORT, além do enfraquecimento e fadiga de determinadas regiões, como pulso, lombar, coluna e ombros;
  • jornadas prolongadas — quando o colaborador precisa frequentemente ultrapassar muitas horas a jornada combinada de trabalho. Esse quadro pode levar à fadiga, cansaço extremo, estresse, surgimento de lesões e, inclusive, à síndrome de burnout, conhecido como esgotamento profissional;
  • ritmo excessivo de trabalho — em alguns casos, mesmo cumprindo apenas sua jornada, há um ritmo muito intenso de trabalho. Isso pode levar ao desgaste físico e psicológico, afetando sua disposição e saúde mental;
  • iluminação inadequada — a luz em excesso ou em níveis inadequados prejudica o desempenho dos colaboradores e pode, até mesmo, causar acidentes por conta do ofuscamento ou falta de iluminação;
  • monotonia nas atividades — um trabalho muito monótono pode causar distúrbios como ansiedade e depressão, além de favorecer a desmotivação. Com isso, há uma rotatividade maior dos funcionários e o comprometimento da produtividade;
  • cobrança excessiva de produtividade — a pressão excessiva por resultados pode gerar estresse, irritação, desvio de humor, cansaço e insatisfação.

O que causa esses riscos?

A principal causa dos riscos ergonômicos no escritório é falta de planejamento na hora de elaborar e escolher as estações de trabalho. Nesse caso, é comum que as pessoas acabem escolhendo móveis inadequados, como: cadeiras que não promovem o conforto do trabalhador durante toda a jornada de trabalho, mesas na altura inapropriada, falta de acessórios ergonômicos e móveis sem as certificações
recomendadas e necessárias.

Como evitá-los?

A melhor forma de eliminar esses riscos é projetando um ambiente de trabalho que preza pela ergonomia e que atende às normas da ABNT e NR17. Elas visam estabelecer parâmetros que possibilitem a adaptação das condições de trabalho às características psicofisiológicas dos colaboradores para proporcionar o máximo de conforto, segurança e desempenho eficiente.

E uma das formas é utilizar estações de trabalho planejadas de acordo com o tipo de trabalho realizado e com as necessidades da equipe. Isso envolve mesas na altura correta, cadeiras ergonômicas, iluminação adequada, uso de suportes para os pulsos, pés, além de móveis que permitam a otimização das atividades com o mínimo esforço.

Portanto, os riscos ergonômicos são muito comuns em grande parte dos escritórios e prejudicam a produtividade e os resultados de uma empresa. E a melhor forma de evitá-los é por meio do planejamento do espaço por especialistas e com móveis de alta qualidade, como os da Niteroflex.

Então, entre em contato conosco e solicite um orçamento para o seu escritório.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

14 + dez =